Reduzir para sobreviver


O mercado é competitivo. A crise está presente em toda as áreas. Com o corte de “gastos” que a população tem feito, as empresas precisam repensar seu sistema organizacional, não apenas da visão de mudanças de sistemas e novas modalidades de venda, mas na redução de custos. Planejar-se e poupar, tornaram-se palavras de ordem.

 

Para sobreviver à crise é preciso começar a pensar além de um novo planejamento, na redução de custos. Para tal, primeiro é importante aprender a diferença entre as despesas e custos. As despesas dizem respeito ao valor que a empresa paga para o seu funcionamento estrutural, sem ligação com o produto produzido. Os custos são atrelados ao produto final, ou seja, todo dinheiro aplicado diretamente na produção principal da empresa.

Para praticar a redução de custos é preciso ter em mente que esse processo não trará resultados imediatos e além de ser um processo de longo prazo, a primeira estância, é possível que você precise investir um pouco para economizar a diante. Nunca opte por diminuir benefícios, ou utilizar produtos que tenham um menor custo sem ter certeza do seu bom funcionamento.

Pensando nisso, organizamos algumas dicas para que você possa aplicar em sua empresa para reduzir custos e otimizar seus recursos.

Use e abuse dos sites, aplicativos e softwares. Os custos com impressão podem parecer irrelevantes, porém você pode estar gastando mais do que precisa. Utilize sistemas de uso compartilhado, sejam eles online ou não, onde todos os colaboradores tenham acesso aos arquivos e documentos necessários para o andamento do trabalho. Caso a impressão seja mesmo necessária, busque utilizar os papeis como forma de rascunho em algum momento, lembrando do consumo e do descarte consciente.

Considere o Home Office, dessa maneira você corta despesas operacionais do dia a dia. É possível criar um sistema de home office em que cada funcionário passe um dia trabalhando em casa, isso gera economia para a empresa e para o funcionário.

Outra atividade que pode auxiliar na redução de custos é a reavaliação de fornecedores. Se você tem uma empresa antiga as chances de estar trabalhando com os mesmos fornecedores a anos é gigante, dessa forma não busca outros valores pela questão de confiança, porém pode estar gastando mais do que precisa e com produtos de qualidade inferior. Se não quiser mudar de fornecedor, avalie e renegocie.

Evite estoque parado mesmo que pareça atraente comprar determinado produto em grande escala por conta do valor, evite o desperdício, principalmente dos produtos de vida útil curta.

Invista em equipamentos modernos e duradouros. Se você trabalha com software, computadores equipamentos, é recomendado que busque marcas que atenda, suas necessidades, mesmo que o custo seja alto no investimento. Isso vale também para a implantação de sistema de energia solar, que é aliado na economia de despesas.

Evite desperdícios. Dissemine entre os colaboradores boas práticas, como evitar o uso de copos plásticos tendo todos um copo e uma caneca na empresa, assim como evitar deixar aparelhos ligados caso não estejam sendo utilizados. Apague as luzes quando o uso das mesmas não se fizer necessário, assim como o ar condicionado. Além de gerar redução de custos essas práticas auxiliam na preservação do meio ambiente.


Matérias Relacionadas
COMENTÁRIOS